E assim começa 2012, sofrimento, nervosismo e três pontos. Botafogo 3 x 1 Resende – Campeonato Carioca 2012

Um mês e meio sem Botafogo, o suficiente para sentir saudades. Nada como ver o jogo de “estreia” do Glorioso com a “Pudim Fogo”, cercado de cervejas e amigos. Dez minutos depois do inicio do jogo, que vontade de não ver esse time do Botafogo. Meu Deus do céu!!!! Quase nada mudou, a não ser que Loco Abreu aprendeu duas coisas nas férias:
– A primeira, perder pênaltis.
– A segunda, foi à expressão: “Tá foda…!!”
Tirando isso, nada mudou. Continua o mesmo artilheiro de sempre. Perdeu dois gols e fez dois. Tá certo que o tal do Andrezinho (um Lucio Flavio afrodescendente para ser politicamente correto) jogou para o time e foi até útil. O tal do Herrera, entrou bem no segundo tempo e será de grande valia, ainda. Agora, Maicosuel…e suas “arrancadas” inúteis e Elkesson que mais parece o balão da lei seca, não dá não. Na boa, difícil de ver os dois jogando. Marcio Azevedo provou ontem que tem apenas uma namorada bonita e mais nada. Como lateral do Botafogo ele pode desistir, acusar o golpe, e falar, “Para mim não dá.” Cabe a nossa portentosa diretoria e nosso comandante de resolver essa “questã”. O Rojas não vem mais, tem lá um problema no coração e deve voltar pra LAU e jogar como sempre. Agora a pergunta é: “quem virá para o lugar dele?” Espero que a resposta não seja, “ninguém, temos uma base forte e subiremos o ‘fulaninho’ que é um excelente jogador.” Menos né?
Tem que ter um plano B para lateral e o tal do Tanaka não seria esse. Enfim, começamos com uma vitória e mais 3 pontos. O sofrimento de anos anteriores e conseguimos ser o único grande a tomar gol de time minúsculo. Parabéns. Mas deixa pra lá, otimismo, chega de pessimismo, esse ano será diferente, e vamos com calma, um degrau de cada vez para não tropeçar e cair de cara no chão. Pra cima deles Botafogo.

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 22/01/2012 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Auxiliares: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Marco Aurélio dos Santos Pessanha (RJ)
Renda/Público: R$ 101.736,00 / 6.148 pagantes
Cartões amarelos: Facundo Gomez e Marcelo Régis (RES)

GOLS: Loco Abreu, 28’/1ºT (1-0); Emerson, 43’/2ºT (1-1); Maicosuel, 21’/2ºT (2-1); Loco Abreu, 22’/1ºT (3-1)

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel, Andrezinho (Felipe Menezes, 34’/2T) e Elkeson (Herrera, 16’/2ºT); Loco Abreu. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

RESENDE: Mauro; Welinton, Facundo Gomez, Filipe Machado e Kim; Léo Silva, Emerson (Iuri, 34’/2ºT), Marcel e Hiroshi (Valdeir, 34’/2ºT); Elias (Léo, 34’/2ºT) e Marcelo Régis. Técnico: Paulo Campos.
Francis Spike
twitter.com/fspike

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.