Pena de morte no Brasil

PENA DE MORTE

Estou completamente de acordo com governador Sérgio Cabral

Filho quanto à liberação dos estados para que cada um adote as penalidades e

idade limite de acordo com as características de cada estado. Se é assim nos

USA, porque não aqui? O Brasil é uma república federativa, pois não?

Então vai que os estados adotem a pena de morte para crimes

hediondos. Aqui vai minha sugestão sobre a forma de execução em cada estado,

respeitando-se a cultura local e a história de cada um:

RIO DE JANEIRO

Fuzilamento. É o estado com maior know how sobre o assunto.

SÃO PAULO

Cadeira elétrica. Os paulistas são muito sofisticados. As

execuções, entretanto, só poderão acontecer nos meses chuvosos, para evitar

um possível e inconveniente apagão fora de hora…

MINAS GERAIS

Forca! – Mineiros são muito saudosistas.

RIO GRANDE DO SUL

O “Chá da Meia Noite”. Uma mistura de chimarrão com cicuta

que o condenado beberá por livre e espontânea pressão. És asi que muere um

macho, tchê!

SANTA CATARINA E PARANÁ

Não adotarão a pena de morte por serem muito civilizados.

Mas logo logo se arrependerão, pela migração maciça de criminosos para seus

estados. Daí, vão adotar a pena de morte, na câmara de gás. Mas, como são

muito civilizados, o gás terá que ser produzido pelos próprios condenados,

mediante uma ingestão constante de chucrute azedo com costela de porco

defumada (e, claro, ligeiramente fora do prazo para consumo). E depois de

executados, o gás será reciclado para servir de combustível para a cremação

dos corpos. E as cinzas dos corpos servirão de adubo para as hortas das

penitenciárias estaduais. Que produzirão muito repolho para fazer mais

chucrute. Tudo muito clean, muito correto ecologicamente.

BAHIA

Injeção letal – O condenado será amarrado a uma rede e nele

será injetada uma mistura de água de coco com Lexotan e Dormonid em doses

cavalares. O condenado morrerá dormindo na rede, tal como passou grande

parte da vida.

ALAGOAS

Morte por peixeirada na jugular. Será criada uma escola de

carrascos: “Memorial Lampião”. Excelente fonte de novos empregos.

AMAZONAS

Flechada com curare. Excelente para a criação de mais

empregos para os índios.

PARÁ

Motosserra.

ACRE

Fogueira.

RONDÔNIA

O elemento será entregue no presidio URSO BRANCO para ser

degolado pelos outros presos.

MATO GROSSO DO SUL e MATO GROSSO

Não terão pena de morte. Os condenados à prisão perpétua

serão deportados para o Paraguai e Bolívia, respectivamente, onde serão

alugadas excelentes instalações penitenciárias.

BRASÍLIA

No Distrito Federal, o condenado terá direito a foro

privilegiado e poderá escolher a forma de execução:

1 – Ser amarrado em uma poltrona reclinável, confortável, no

ar condicionado, apenas de cueca (com alguns milhares de dólares dentro,

tudo pago pelo estado, claro) e ser devorado por sanguessugas e ratazanas.

2 – Ser amarrado em uma poltrona reclinável, confortável, ar

condicionado, vestido impecavelmente com um terno completo Giorgio Armani

(tudo pago pelo estado, claro), e ter aplicada no rosto do condenado uma

mistura de pó de serragem com cola de sapateiro. O condenado morrerá em

pleno barato e após a morte ainda revelará sua verdadeira face, oculta

durante toda sua vida: a cara de pau.

Para os demais estados, estamos abertos a sugestões. Nossas

dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos

ganhar, por simples medo de arriscar.

(by Franz)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.