Menino de 8 anos passa no vestibular para direito na Unip

O estudante João Victor Portellinha de Oliveira, de 8 anos, causou polêmica nesta quarta-feira (5), em Goiânia. No 5º ano do ensino fundamental, o menino passou no vestibular para o curso de direito da Universidade Paulista (Unip) na cidade e já se matriculou. “Meu sonho é ser juiz federal, e decidi prestar a prova para ver como me dava”, conta.

De acordo com João Victor, sua intenção é cursar a faculdade e as aulas da escola particular onde estuda simultaneamente. Sua mãe, a arquiteta Maristela Portellinha, 42 anos, endossa o desejo do filho. “Ele tinha essa curiosidade e o que a gente está pensando é que ele continue fazendo a escola direitinho e a faculdade, que ele galgou esse caminho sozinho”, disse.

João Victor afirma que sempre foi um bom aluno na escola. “Só tenho nota acima de 9. A mais baixa foi de inglês, num dia que não tinha estudado muito, e tirei 6,6”, lembra. Para Maristela, o filho não é superdotado, apenas interessado e motivado.

A universidade reconheceu por uma nota da direção que João Victor fez uma boa prova. “O desempenho do estudante, levando em consideração sua idade e escolaridade, foi bom, especialmente na prova de redação, em que revelou boa capacidade de expressão e manejo eficiente da língua. A singeleza do conteúdo não destoava da linguagem simples, direta, coloquial, com poucos deslizes em relação à norma culta. Este fato o torna merecedor de um acompanhamento especial em seus estudos”, dizia o documento.

Para o menino, o exame teve perguntas “tranqüilas”. “Eram coisas que eu já estava preparado. Estudei uma semana antes da prova. E o tema da redação era fácil, era sobre uma matéria de jornal que falava sobre pessoas que gastam dinheiro coisas inúteis. Era para escrever carta sobre a matéria.”

No entanto, apesar da nota, de acordo com o comunicado da Unip, o estudante não poderá cursar pois “participou do processo seletivo na condição de ‘treineiro’, numa prática adotada por várias universidades públicas e privadas”.

Impedido de cursar

De acordo com a presidente do Conselho Estadual de Educação de Goiás, professora Maria do Rosário Cassemiro o garoto não pode ser matriculado devido a um artigo da Lei de Diretrizes e Bases. Para cursar o ensino superior é preciso que a pessoa tenha concluído o ensino médio.

Até o momento, a família não pretende entrar na Justiça para garantir a vaga do filho, pois entende que ele já cumpriu todas as etapas necessárias.

Insatisfação da OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Goiás (OAB-GO) classificou a aprovação de João Victor como “preocupante”. “O fato materializa o alerta que a OAB-GO vem fazendo há tempos sobre a mercantilização do ensino jurídico, que não está sendo tratada pelas autoridades com a devida urgência que requer”, disse nota divulgada no site da Ordem.

O documento diz ainda: “O referido fato, por si só, caso seja comprovado, merece que a instituição de ensino sofra imediata intervenção do MEC para que seja verificado se casos semelhantes ocorrem com freqüência e em que circunstância o episódio ocorreu”.

(by Globo)

8 comentários sobre “Menino de 8 anos passa no vestibular para direito na Unip

  1. Sou Túlio, um Advogado. Estou complexado com o ocorrido, fatos como esse levam-me a criar titubeações a respeito de tais instituições “universitárias”, que como vemos na repotagem acima exibida, estão abusando do nivel intelectual para aprovação de pessoas. Estou me perguntando: Como um aluno que está cursando o ensino FUNDAMENTAL pode ter o preparo requerido para efetuar com sã consciêcia uma prova de nível universitário ? É, estou aqui para “parabenizar” a faculdade UNIP pelo grande preparo e pela grande base necessária para ser um Aluno UNIP, eu sinceramente esperava mais de uma faculdade com tal conceito.

  2. A primeira coisa que deveriamos ver é que quando fazemos uma inscrição pra vestibular ou qualquer outro concurso declaramos ser maiores de idade, ou mais especicamente no caso do vestibular declaramos ter terminado o ensino médio. Pode ate ser que os nivéis dos vestibulares e do ensino educacional no Brasil estejem precisando se uma melhora urgente, mas este menino e sua familia sabendo dos pré-requisitos necessários pro vestibular, acho que queriam eram ter seus 15 min de fama.

  3. Não podemos discordar que um garoto de 8 anos passando no vestibular é incrível!
    Mas, vamos analisar as informações levantadas com a reportagem:
    A prova é da unip, sem discussão que não se compara a nenhum vestibular concorrido do Brasil.
    O menino não é nenhum gênio, e para passar num vestibular de alto nível, um garoto de 8 anos deveria ter uma grande inteligência!
    O curioso é que ele não tem conhecimento específico para encarar um edital de vestibular, sendo que ele não sabe uma boa parte da matéria escolar!
    Não duvido que o menino seja esperto! Mas não podemos glorificar o garoto dessa forma, ele vai se achar o gênio, e é claro que vai ter motivos, visto que a mídia caiu literalmente em cima do menino.
    Na verdade, a UNIP, como a maioria das faculdades particulares tem a necessidade de melhorar o seu sistema de avaliação para o vestibular, conheço gente que fez a inscrição para um vestibular particular, não compareceu na prova e ainda por cima apareceu na lista de aprovados com uma bela colocação…
    VAMOS BRASIL, ORDEM E PROGRESSO..
    sem comentarios…

  4. João Victor estuda comigo,estudamos juntos desde o maternal.Confesso que,ao saber dessa notícia,fiquei impressionada,pois ele não aparentava ser inteligente o bastante,mais se tratando da UNIP,até eu passo :/
    Hoje,estamos estudando em uma das melhores escolas de Goiânia,e ele evita falar sobre o assunto.

  5. kkkkkkkkkkkkkk
    O muleque passou em uma Universidade Privada….
    Faz q nem eu. Primeiro colocado em Medicina na UFGD de Dourados, Mato Grosso do Sul…
    Obrigado…

    1. É verdade a Universidade pecou nessa questão, mais uma coisa é entrar e a outra é sair “formado”. E para vc ai que disse que passou em uma federal do Mato Grosso do Sul em “primeiro colocado” é muito facil vim aqui e escrever um monte de babozeiras sem ter nenhuma prova. Seu troxa

  6. Isso é uma piada, em meio as tantas desse Brasil!
    Se esse país fosse sério, o MEC fecharia definitivamente algumas CASAS, afinal,o curso e a instituição não me levam a questionar nada, muito mequetrefe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.